SINDECOM CONSEGUE LIMINAR SUSPENDENDO DEMISSÕES EM MASSA DO MINEIRÃO ATACAREJO

Em uma atuação enérgica e inédita do SINDECOM foi ajuizada ação civil pública, que teve concessão de liminar nesta quarta-feira (24), suspendendo a demissão em massa dos empregados do MINEIRÃO ATACAREJO em Porto Velho.

 

Na liminar, a juíza considera que as dispensas coletivas devem ter prévia negociação, considerando-se o impacto social que causam. As demissões iniciaram neste mês e a ATACAREJO visa terminar suas atividades em Porto Velho no dia 30/08/2022, conforme realizou em Rio Branco do Acre.

 

De acordo com apurações feitas pelo Sindicato, a empresa de forma pouco transparente, sem dar qualquer esclarecimento claro e adequado aos seus empregados simplesmente coloca na rua mais de 70 famílias.

 

Fernando Teixeira, presidente do Sindicato revelou que a empresa em outros estados está expandida lojas, que em Porto Velho, o fechamento ocorre não por dificuldades financeiras, mas por política de gestão da empresa, não podendo os trabalhadores serem postos a rua desta forma.

 

Na ação o SINDECOM pede que o ATACAREJO apresente um plano de demissão, a capacitação destes trabalhadores para serem reaproveitados no mercado de trabalho, garantias mínimas até o final do ano, dentre outros aspectos em defesa dos trabalhadores.

A vitória parcial dos trabalhadores é resultado não apenas da ação judicial, mas de uma atuação enérgica e com altivez que o sindicato tem realizado, que já garantiu significativas conquistas aos trabalhadores da base, como o recebimento de mais de R$ 17 milhões este ano dos ex-trabalhadores do Gonçalves Supermercado.

 

Segundo Fernando o SINDECOM não quer trazer qualquer desconforto ao grupo econômico que é um dos 10 maiores do país, mas tão somente que este tenha respeito pelos seus funcionários, respeito pela sociedade Porto Velhense, e com as subvenções fiscais que tem, que nada mais é do que dinheiro do povo em benefício fiscal, não podendo agir desta forma com a sociedade local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.