10 Profissões que podem sumir no Brasil por causa da tecnologia

Segundo pesquisadores, cerca de 58,1% dos empregos no país podem desaparecer entre 10 e 20 anos por causa da automação. Saiba quais profissões estão em risco e quais são as mais protegidas!

Por Sabrina Bezerra

Será que a sua profissão está com os dias contados no Brasil? Talvez. Isso porque, segundo pesquisadores brasileiros58,1% dos empregos no país podem desaparecer entre 10 e 20 anos por causa da automação.

Mas calma. O objetivo do estudo não é criar uma onda de pânico, mas servir de alerta ao indicar que novas tecnologias podem substituir grande parte dos empregos brasileiros.

Segundo os pesquisadores, é “por meio de políticas efetivas” que o país pode aliviar ou “até mesmo evitar, a perda maciça de empregos devido à automação, nas próximas décadas.”

Outro dado da pesquisa é que o setor de trabalho informal tem maior probabilidade de ver seus empregos serem substituídos por máquinas do que os que têm carteira assinada. Mas afinal, será que o seu está na lista? Confira abaixo:

10 profissões que podem acabar 

Diante do levantamento, a BBC News Brasil, pediu aos pesquisadores da ISE Business School e Consultoria IDados que levantassem as 10 áreas com maiores chances de acabar e as 10 com menor probabilidade de sumir por causa da tecnologia. Confira:

1 – Operadores de entrada de dados (digitador) – 99%

2 – Profissionais de nível médio de direito e afins (assistente) – 99%

3 – Agentes de seguros – 99%

4 – Operadores de máquinas para fabricar equipamentos fotográficos – 99%

5 – Vendedores por telefone – 99%

6 – Despachantes aduaneiros – 99%

7 – Contabilistas e guarda livros – 98%

8 – Secretários jurídicos – 98%

9 – Condutores de automóveis, táxis e caminhonetes – 98%

10 – Balconistas e vendedores de lojas – 98%

Profissões com menor chance de automação

1 – Dietistas e nutricionistas – 0.4%

2 – Gerentes de hotéis – 0.4%

3 – Especialistas em métodos pedagógicos – 0.4%

4 – Médicos especialistas – 0.4%

5 – Médicos gerais – 0.4%

6 – Fonoaudiólogos e logopedistas – 0.5%

7 – Trabalhadores do sexo – 0.6%

8 – Dirigentes de serviços de bem estar social – 0.7%

9 – Psicólogos – 0.7%

10 – Dirigentes de serviços de educação – 0.7%

POR QUE IMPORTA?

É importante ficar de olho nas áreas que têm maiores chances de serem automatizadas para que você possa ficar um passo à frente. Por exemplo, se a sua profissão está na lista, você precisa buscar formas de se atualizar na sua área. Afinal, por mais que as automações substituam profissões, será necessário pessoas que desenvolvam e utilizem as tecnologias.

Contudo,

O Mapa do Trabalho Industrial 2019-2023 aponta que as maiores taxas de crescimento de novos empregos serão para áreas que têm a tecnologia como base

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) divulgou um estudo sobre as tendências para o futuro do trabalho no Brasil nos próximos quatro anos. O Mapa do Trabalho Industrial 2019-2023 aponta que as maiores taxas de crescimento de novos empregos serão para áreas que têm a tecnologia como base. Ao todo, a pesquisa aponta para mais de 33 mil vagas abertas no período no setor industrial.

É interessante verificar que haverá, até 2023, um crescimento médio de 8,5% em empregos relacionados à indústria, sendo que a ocupação que terá mais novas oportunidades (em percentual) é a de condutor de processos robotizados. Ou seja, o desenvolvimento da automação de processos será responsável por criar mais empregos do que extinguir, pelo menos a curto prazo, no Brasil.

“O mundo vive a 4ª Revolução Industrial e o levantamento mostra que o Brasil, mesmo diante das dificuldades econômicas, está se inserindo aos poucos na Indústria 4.0”, avalia o diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi.

O estudo também constata a necessidade de qualificação profissional para mais de seis milhões de pessoas em diversas áreas para se adequarem ao futuro do trabalho nos próximos quatro anos. O SENAI oferece cursos neste sentido, incluindo voltados a ciber segurança, Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial e computação em nuvem (os dois últimos em parceria com Microsoft e Amazon).

Veja, abaixo, as 18 profissões que mais vão crescer no Brasil até 2023:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.